O Evento

07 a 09 de Outubro de 2020


O Congresso Brasileiro de Inovação e Tecnologia na Gastronomia e Ciência de Alimentos tem como objetivo a troca de experiência entre pesquisadores, professores, estudantes e profissionais da Gastronomia e áreas afins, o que facilita a divulgação do conhecimento gerado de matérias primas existentes no país, caracterização de alimentos nativos e típicos, bem como desenvolvimento de diferentes aplicações desses insumos, investigação da tecnologia tradicional e novos métodos e técnicas de preparo culinário, tendo em vista melhorar a qualidade dos alimentos, promover o conhecimento e o registro da cultura gastronômica do nosso país, principalmente no que se refere às inovações e tecnologias aplicadas aos alimentos tradicionais. Promover-se-á o desenvolvimento regional, mediante uma articulação entre academia e sociedade, possibilitando a transmissão e apropriação real de saberes multirreferenciais. O evento proposto discutirá, todos esses pontos, estimulando o debate e a difusão de conhecimento, procurando interferir na integração de produtos e de técnicas utilizadas durante a preparação e/ou elaboração de alimentos tradicionais e regionais.


MESTRADO ACADÊMICO EM GASTRONOMIA


A UFC TEM O PRIMEIRO MESTRADO EM GASTRONOMIA DO BRASIL

A universidade Federal do Ceará – UFC, aprovou junto ao MEC, a criação do primeiro Mestrado Acadêmico em Gastronomia do Brasil, com previsão de início em 2021, o mesmo terá 2 linhas de pesquisa: “Gastronomia Social e Sustentabilidade” e “Tecnologia e Inovação Gastronômica”. A primeira deve abrigar projetos que explorem a gastronomia no contexto social e cultural, com vistas ao empreendedorismo e à interlocução com políticas públicas. Já a Linha 2, será direcionada a projetos relacionados ao conhecimento técnico-científico, a matérias-primas e ao desenvolvimento de métodos e técnicas de preparo culinário, bem como aos aspectos nutricionais, químicos, funcionais, sensoriais e culturais dos alimentos.

A criação do Mestrado em Gastronomia, contou com o apoio do Curso de Gastronomia da UFC, o qual contou com nota máxima na avaliação do MEC, ambos coordenam a realização do CBG 2020.

Entidades promotoras / Participantes


- Bacharelado em Gastronomia, Instituto de Cultura e Arte, Universidade Federal do Ceará – UFC
(Instituição Promotora)
- Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará – UFC
(Instituição Co-participante)
- Mestrado Acadêmico em Gastronomia, Universidade Federal do Ceará – UFC
- Embrapa Agroindústria Tropical, Centro Nacional de Pesquisa Agroindústria Tropical – CNPAT/EMBRAPA
(Instituição Co-participante)
- Curso de Bacharelado em Gastronomia da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
(Instituição Co-participante)
- Curso de Bacharelado em Gastronomia da Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE
(Instituição Co-participante)
- Curso de Bacharelado em Gastronomia da Universidade Federal da Bahia - UFBA
(Instituição Co-participante)
- Curso de Bacharelado em Gastronomia da Universidade Federal da Paraíba - UFPB
(Instituição Co-participante)
- Curso de Gastronomia da Universidade Federal de Ciência da Saúde de Porto Alegre - UFCSPA.
(Instituição Co-participante)
- Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco;

Coordenador do Evento


Prof. Dr. Paulo Henrique Machado de Sousa

Professor do Curso de Gastronomia do Instituto de Cultura e Arte, Universidade Federal do Ceará – UFC
Professor do Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos,
Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq

Comissão Organizadora


- Cláudia Soares, Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ;
- Diana Valesca Carvalho, Universidade Federal do Ceará;
- Eveline de Alencar Costa, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Maria do Socorro Rocha Bastos, Embrapa Agroindústria Tropical;
- Paulo Henrique Machado de Sousa, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Rafael Queiroz Gurgel do Amaral, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Sandro Thomaz Gouveia, Universidade Federal do Ceará – UFC.

Comissão Científica (Temas e Palestras)


- Adriana Camurça Pontes Siqueira, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Ana Erbênia Pereira Mendes, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Diana Valesca Carvalho, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Geraldo Arraes Maia, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- José Arimatéa Barros Bezerra, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Neide Kazue Sakugawa Shinohara, Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE;
- Paulina Mata, Universidade Nova de Lisboa - UNL;
- Paulo Henrique Machado de Sousa, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Raimundo Wilane de Figueiredo, Universidade Federal do Ceará – UFC.

Comissão de avaliação e apresentação de trabalhos científicos (Banner, Oral. Livro, Revistas)


- Adriana Camurça Pontes Siqueira, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Alessandra Pinheiro Góes Carneiro, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Ana Erbênia Pereira Mendes, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Ceci Santiago, Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ;
- Diana Valesca Carvalho, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Eveline de Alencar Costa, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Hermano José Maia, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Ivan Burztyn, Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ;
- Juliana Damaris Candido de Lima, Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ;
- Karla Tonini, Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ;
- Luís Davi Alves Lima, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Mara Cnop, Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ;
- Márcia Filgueiras Rebelo de Matos, Universidade Federal da Bahia – UFBA;
- Marcia Pimentel, Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ;
- Márcio Marques, Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ;
- Nina Pinheiro Bittar, Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ;
- Paula Albuquerque Pena Franca, Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ;
- Polianny Gusmão, Faculdade Anísio Teixeira, FAT;
- Rafael Queiroz Gurgel do Amaral, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Sandro Thomaz Gouveia, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Thaina Shawan, Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ;
- Vanessa Moreira dos Santos; Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco.
- Selene Daiha Benevides, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)
- Monica Chaves Abdala (INHIS - UFU)(PPGH - UFU)
- Ingrid Conceição Dantas Guerra – UFPB

Comissão de Oficinas Gastronômicas e Minicursos


- Luís Davi Alves Lima, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Leopoldo Gondin Neto, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Renata Matoso, Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFC;
- Matusaíla Aragão Macedo, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Regina Maria Silva Bastos, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Renato Brasil, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Tereza Carlas Nóbrega Araújo Garcez, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Walison Fábio Rogério – UFBA.

Comissão de Apoio e divulgação


- Alessandra Pinheiro Góes Carneiro, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Ana Erbênia Pereira Mendes, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Matusaíla Aragão Macedo, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Tina Purcell, Faculdade Anísio Teixeira, FAT.

Comissão de Apoio ao Evento (Salas, Coffee break...)


- Regina Maria Silva Bastos, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Tereza Carlas Nóbrega Araújo Garcez, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Alessandra Pinheiro Góes Carneiro, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Rafael Queiroz Gurgel do Amaral, Universidade Federal do Ceará – UFC;
- Natália Viviane Santos de Menezes, Universidade Federal do Ceará – UFC.

Normas e Procedimentos para Elaboração e Envio de RESUMO EXPANDIDO


Os resumos expandidos serão publicados como capítulo no livro online do CBG 2020, o qual será disponibilizado para download gratuito no Portal ISSUU da Espaço Científico Livre.

Os melhores resumos expandidos serão selecionados para publicação completa no Journal of Environmental Analysis and progress (ISSN 2525-815X), caso seja interesse dos autores selecionados.

As línguas oficiais para elaboração dos resumos expandidos são o Português e o Inglês. Somente serão publicados os resumos expandidos aprovados pela Comissão Científica.

O Autor principal deverá estar previamente inscrito e com a inscrição paga no congresso. Cada autor inscrito poderá encaminhar dois trabalhos com no máximo 6 coautores.

Os resumos expandidos deverão ser encaminhados via sistema, impreterivelmente, até as 18h00 do dia 10/09/2020 (horário de Brasília), sendo de inteira responsabilidade as informações existentes no texto, que devem estar revisadas e referendadas de acordo com as normas do Comitê Científico do Congresso.

É importante que os resumos expandidos sejam cuidadosamente revisados antes do envio. Trabalhos que estiverem fora das normas serão excluídos automaticamente.

Todos os resumos submetidos serão avaliados pelo Comitê Ético e Científico do congresso, das diversas especialidades, em que se enquadram os trabalhos. Os trabalhos aprovados pelo Comitê de Ética em Pesquisa deverão constar o número do parecer de aprovação.


ENCAMINHAMENTO DO RESUMO EXPANDIDO

Deverão ser submetidos pelo endereço www.inovacaonagastronomia.com.br, através do formulário eletrônico Online.


DATAS

Submissão de Resumos Expandidos: 10/09/2020
Resultados da Avaliação: 01/10/2020


ÁREAS

- Gastronomia e Ciência dos Alimentos;
- Segurança Alimentar e Nutricional;
- Turismo e Gastronomia;
- Gastronomia e Memória;
- Patrimônio e Gastronomia;
- Empreendedorismo e Gastronomia;
- Políticas públicas e Gastronomia;
- Gastronomia e Educação;
- História da Gastronomia;
- Outros.


STATUS DOS TRABALHOS

- Aprovado;
- Aprovado com correções;
- Reprovado.


ORGANIZAÇÃO E APRESENTAÇÃO DO RESUMO EXPANDIDO

1. O resumo expandido deverá ocupar, até duas laudas, incluindo Texto, Tabelas e/ou Figuras.

2. Os textos dos resumos expandidos devem ser organizados em: Título, Autores, Identificação dos autores, Introdução, Objetivos, Material e Métodos, Resultados e Discussão, Conclusões e Referências.

3. O texto deverá ser formatado para um tamanho de página A-4, com margens superior, inferior, esquerda e direita de 2,0 cm. Deve ser empregada fonte Time New Roman. O espaçamento entre as linhas deverá ser de simples (1,0).

4. As citações no texto devem ser numeradas consecutivamente na ordem em que são mencionadas no texto. Identificar as referências no texto por números arábicos entre parênteses. Exemplo: (2), (7,9,16). As legendas das tabelas e figuras também devem ser numeradas com algarismos arábicos.

5. Citações de trabalhos extraídos de Resumos e Abstracts, publicações no prelo e comunicação pessoal não serão aceitas na elaboração do resumo expandido.

6. A nomenclatura científica deve ser citada segundo os critérios estabelecidos nos Códigos Internacionais em cada área. Unidades e medidas devem seguir o Sistema Internacional de Unidades.

7. TÍTULO: Fonte Time New Roman, somente as iniciais em letras maiúsculas, tamanho 12, em negrito, espaçamento simples, alinhamento centralizado com, no máximo, 20 palavras.

8. Após uma linha (espaços simples) do TÍTULO, deverão aparecer os NOMES DOS AUTORES, Fonte Time New Roman. Somente as iniciais em letras maiúsculas, tamanho 10. No máximo devem constar seis autores por trabalho. Devem constar o nome e último nome de cada um dos autores, separados por vírgula, com identificação numérica sobrescrita.

9. Indicar a titulação e a instituição a qual o autor pertence. Ao final deve ser colocado somente o e-mail do autor principal para fins de correspondência.

10. Devem ser inseridas de três a cinco PALAVRAS CHAVE, que não devem estar no título. Fonte Time New Roman tamanho 10.

11. Após a titulação, a página deverá ser dividida em duas colunas com 8 cm cada para o restante do trabalho, que deverá estar com Fonte Time New Roman tamanho 8.

12. INTRODUÇÃO: deve ser breve e com espaço simples (1,0). Justificar o problema estudado de forma clara, utilizando-se revisão de literatura. No último parágrafo deverão constar os objetivos do trabalho realizado.

13. MATERIAL E MÉTODOS: deve ser concisa, mas suficientemente clara, de modo que o leitor entenda e possa reproduzir os procedimentos utilizados. Deve conter as referências da metodologia de estudo e/ou análises laboratoriais empregadas.

14. RESULTADOS E DISCUSSÃO: deve apresentar informações claras e concisas das observações relevantes que, conforme a natureza do trabalho, deverá apresentar a análise estatística. A discussão deve estar baseada e comparada com a literatura utilizada no trabalho de pesquisa, indicando sua relevância, vantagens e possíveis limitações. O conteúdo deve ser informativo e, pode ser apresentado na forma de Tabelas e/ou Figuras. Nesse caso, as Figuras ou outras ilustrações devem ser autoexplicativas assim como elaboradas de forma a apresentar qualidade necessária à boa reprodução.

15. As Tabelas e/ou Figuras (gráficos e desenhos) devem ser inseridas no texto e numeradas com algarismos arábicos com título fixado acima das mesmas. Não apresentar os mesmos dados na forma de Figuras e Tabelas.

16. CONCLUSÕES: deve ser elaborada com o verbo no presente do indicativo, em frases curtas, sem comentários adicionais, e com base nos objetivos e resultados do Resumo Expandido.

17. REFERÊNCIAS: devem ser listados apenas os trabalhos mencionados no texto, na ordem em que são mencionados no texto. Dois ou mais autores, separar por ponto e vírgula. Os títulos dos periódicos devem ser abreviados.



Exemplos de Referências:

Exemplos de referências



Livro
BEZERRA, J. A. B. Alimentos tradicionais do Nordeste: Ceará e Piauí. 1. ed. Fortaleza: Edições UFC, 2014. v. 1. 119p.

Capítulo de livro
PEREIRA, C.P.; SOUSA, P.H.M.; MAIA, C.S.C.; FIGUEIREDO, R.W.; LIMA, A.C.S. Avaliação do método de cocção mais eficiente para retenção de polifenóis totais e antioxidantes de beterraba (Beta vulgaris L.). In: Emmanuel Prata de Souza; Francisca Noélia Pereira Mendes; Maria Marlene Marques Ávila. (Org.). Ciência da nutrição e campos multidisciplinares de saberes. 1ed. Fortaleza: Ed UECE, 2015, v. 1, p. 95-119.

Artigo de periódico
COSTA, P. R.; SIQUEIRA, A. C. P.; SOUSA, P. H. M. Efeito do procedimento culinário e conservação por congelamento em tomates (Lycopersicum esculentum). Arq. Bras. Alim. 1, 30-42, 2015.

Tese e Dissertação
ARAUJO, R. V. Os saberes gastronômicos e a formação de chefes: o itinerário acadêmico-profissional de gastrônomos que atuam em Fortaleza-CE. 2013. 82f. Dissertação (Mestrado em Educação Brasileira) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013.

Trabalhos em meio-eletrônico
SÃO PAULO (Estado). Secretaria do Meio Ambiente. Tratados e organizações ambientais em matéria de meio ambiente. In:
SÃO PAULO (Estado). Entendendo o meio ambiente. São Paulo, 1999. Disponível em: . Acesso em: 8 mar. 1999.

Legislação
BRASIL. Portaria nº. 451, de 19 de setembro de 1997. Princípios gerais para o estabelecimento de critérios e padrões microbiológicos para alimentos. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 22 set. 1997. Seção 1, n. 182, p. 21005-21011.

PROGRAMAÇÃO

8:00 – 10:00: Mini-curso 1 – Fundamentos do vinho: da vinha à taça
Facilitador: Prof. MSc. Renato Brasil, Docente Unichristus, Sommelier e Diretor ABS, Colunista do Jornal O Povo (@renatobrasilsommelier)
10:00– 12:00: Mini-curso 2 – Pão de Fermentação Natural
Facilitador: Papoula Ribeiro, Cór Bakehouse (@papoula_ribeiro)
10:00– 12:00: Mini-curso 3 – Fermentação lática de vegetais
Facilitadores: Leonardo Andrade e Fernando Gondenstein – Cia dos Fermentados (@ciadosfermentados)
(As inscrições dos mini-cursos são a parte do Congresso)
09:00 – 11:00: Apresentação dos Trabalhos Orais e Painéis
10:00 – 11:30: Fórum dos Coordenadores de Cursos de Gastronomia do Brasil
13:30 - Solenidade de Abertura
14:00 - Palestra de Abertura: Restaurante Lixo Zero
Palestrante: Luiza Poleto, Instituto Lixo Zero
Coordenador: Dr. Paulo Henrique Machado de Sousa (UFC)
14:30 - Mesa Redonda 1: Educação, Pesquisa e Extensão na Gastronomia
Coordenadora: Profa. Ceci Santiago, UFRJ
Participantes:
As novas nuances da formação e educação em gastronomia, o papel da tecnologia, Beatriz Helena Brandão – IFCE Baturité,
Gastronomia e pesquisa para além da sala de aula, Claudia Soares – UFRJ.
A importância da extensão universitária na formação profissional do gastrônomo, Walison Fábio Rogério, UFBA.
16:00 – Mesa Redonda 2: Da Uva ao Vinho: Aspectos históricos até produção dos dias atuais
Coordenador: Renato Brasil, Sommelier, Unichristus.
Participantes:
Edegar Scortegagna, ConceptWine – Escola de vinhos.
Virgílio Loureiro, Universidade de Lisboa
Manuel Malfeiro, Universidade de Lisboa
17:30 – Intervalo
18:00 - Mesa Redonda 3: Fazendo Ciência na Gastronomia
Coordenador: Prof. Sandro Thomaz Gouveia,UFC
Participantes:
Patentes e registros de produtos em Gastronomia, Frederico Massud Conde – INPI, DF
Natchup, patente da universidade para o mercado, Lucicléia Barros
Mestrado Acadêmico em Gastronomia do Brasil: perspectivas e desafios na área de gastronomia, Paulo H M Sousa, Coordenador d Pragrama de Pós-graduação em Gastronomia, UFC.

Embrapa Alimentos e Territórios: Conexão História, Biodiversidade e Gastronomia, Ricardo Elesbão, Embrapa Alimentos e Territórios.

8:00 – 10:00 – Mini-curso 4 – O Papel da Fotografia na Gastronomia
Facilitador: Robson Mota, Curso de Gastronomia, Universidade Federal do Ceará
10:00 – 12:00 – Mini-curso 5 – Chá: da produção à harmonização e uso em preparo de pratos
Facilitadores:
Aline Loiola, Tea Sommelier, UK Tea Accademy, Fortaleza, Brasil.
Rafael Gurgel, Curso de Gastronomia, Universidade Federal do Ceará
10:00 – 12:00 – Mini-curso 6: Pães, pizzas e pastéis sem glúten, leite e ovos
Facilitador: Renata Bender Monteiro, PUCRS
(As inscrições dos mini-cursos são a parte do Congresso)
09:00 – 11:00 – Apresentação dos Trabalhos Orais e Painéis
13:30 - Mesa Redonda 4: Gastronomia regional: ação social e políticas públicas
Coordenador: Dra. Eveline de Alencar Costa (UFC)
Participantes:
Roberto Araújo, IFCE, Observatório da Ciência e cultura alimentar – OCCA
João Lima – CE, Assessor Especial para Gastronomia do Governo do Estado do Ceará
Turismo e gastronomia: A gastronomia como potencial turístico, cultural e regional, Uiara Martins – CE
Gastronomia local e valorização cultural de insumos regionais, Michel Abras – MG
15:00 – Palestra: História e Alimentação Brasil séculos XVI-XXI
Coordenação: José Arimatéa Bezerra
Dra. Leila Mezan Algranti, UNICAMP
Dra. Sidiana Da Consolacao Ferreira De Macedo, UFPA
16:00 - Mesa Redonda 5: Educação On-line e EaD na Gastronomia
Coordenador: Profa. Mattu Macedo, UFC, CE
Participantes:
Felipe Cicconato, Eduk
Heloisa Fonseca, UNINASSAU
Bruno Pontes, UNIQ
Eduardo Lima CEO do EduK (eduardo@eduk.com.br)
17:30 - Intervalo
18:00 - Mesa Redonda 6: Laboratório de Criação, Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco
Coordenadora: Lina Luz, Coordenação de Cultura Alimentar e Gastronomia, Escola de Gastronomia Social Ivens Dias Branco, Ceará.

8:00– 10:00: Mini-curso 7 – Food Design
Facilitador: Robério Marques, SENAC – CE
10:00– 12:00: Mini-curso 8 – Queijos veganos
Facilitador: Virgínia Cândido, VIVEG (@virginiacandida)
10:00– 12:00: Mini-curso 9 – Planejamento de Custos em Gastronomia
Fábio de Lucca
Facilitador: Fábio de Lucca, UNIFAMETRO
09:00 – 11:00 – Apresentação dos Trabalhos Orais e Painéis
14:00 - Mesa Redonda 7: Conhecimentos tradicionais como alternativa aos modos de alimentação modernas
Coordenador: Prof. Rafael Queiroz Gurgel do Amaral (UFC)
Participantes:
Alimentos Fermentados, Leonardo Andrade e Fernando Gondenstein – Cia dos Fermentados (@ciadosfermentados)
Alimentos Fermentados, Catarina Prista, Universidade de Lisboa, Portugal.
Plant based, Paulina Mata – Portugal
Algas marinhas para alimentação humana, Bruno Leite, Universidade Nova de Lisboa, Portugal.
Confeitaria para alérgicos, Renata Bender Monteiro, PUCRS.
16:00 – Mesa Redonda 8: Sabores da Biodiversidade Brasileira
Coordenadora: Daniela Moura de Oliveira Beltrame
Coordenadora: Daniela Moura de Oliveira Beltrame, BFN
Participantes:
Adriana Camurça Pontes Siqueira
Juliana Machado Severo, UFRGS
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Semiramires Martins Álvares Domene, UNIFESP
Raquel Santiago, UFG.
Joanna Martins, Instituto Paulo Martins, PA
Lidio Coradin, Ministério do Meio Ambiente, dos Recursos Hídricos e da Amazônia Legal
18:00 - Mesa Redonda 9: Negócios Gastronômicos
Coordenador: Profa. Vanessa Santos, Senac, CE
Participantes: a confirmar
19:30 - Palestra de Encerramento: Gastronomia, memória gastronômica e sentimento
Coordenadora: Diana Valesca Carvalho (UFC)
Palestrante: Myriam Melchior (UFRJ)

INSCRIÇÕES

home_vegetables_pricingbox3

Estudantes de
Pós-Graduação

R$100

home_vegetables_pricingbox1

Minicursos

R$50

A categoria de estudante, deverá ser comprovada mediante apresentação de declaração da instituição de ensino, a qual o mesmo está matriculado.

A participação online dará direito a submissão de trabalho científico e certificado de participação.

POLÍTICA DE CANCELAMENTO E TROCA DE TITULARIDADE

- Trocas de titularidade poderão ser realizadas pelo titular da inscrição ; basta enviar um e-mail para: kassio@ideiadeevento.com.br com até 15 uteis de antecedência ao evento.

- Cancelamento: o cancelamento poderá ser feito em até 7 dias da realização da inscrição e deverá ser solicitado por e-mail (kassio@ideiadeevento.com.br). Será deduzido o percentual de 15% referente a taxas administrativas de cartão e sistema online. O reembolso se dará em até 30 dias após a realização do evento.

Congresso Brasileiro de Inovação e Tecnologia na Gastronomia e Ciência de Alimentos


CONTATO:

85 3023-1596 / 85 9 9746-0970
kassio@ideiadeevento.com.br

REALIZAÇÃO:


Universidade Federal do Ceará
Ideia de Evento
APOIO:

Governo do Estado do Ceará
SECULT Ceará
Escola de Gastronomia Ivens Dias Branco
Instituto Dragão do Mar